0 comentários / Escreva um comentário

Reykholt

Lançado por: Galápagos Jogos


  • Código: 0222
  • Criador: Uwe Rosenberg
  • Ano desta edição: 2019
  • Idioma: Português-BR
  • Número de jogadores: de 1 a 4
  • Tempo médio da partida: de 30 a 60 minutos
  • Idade recomendada: a partir de 14 anos
  • Formato da caixa: 29x29x7cm
  • Categorias: Board Games /
  • Pontos de fidelidade: 3
  • Disponibilidade: 3

Frete e prazo:

  • R$329,00

  • Pontos necessários para compra: 329
  • R$312,55
    5% de desconto no depósito
  • 1x de R$329,00 sem juros
    2x de R$164,50 sem juros
    3x de R$109,67 sem juros
    4x de R$82,25 sem juros
    5x de R$65,80 sem juros
    6x de R$54,83 sem juros
    7x de R$50,29
    8x de R$44,42
    9x de R$39,85
    10x de R$36,19
    11x de R$33,20
    12x de R$30,71

    Visão geral do jogo:

    Na Islândia, você pode escalar vulcões, ficar encantado com a aurora boreal, contar ovelhas e comer deliciosos tomates. Graças à energia geotérmica, a Islândia é um paraíso para o cultivo de vegetais.

    Os jogadores constroem suas vidas assumindo o papel de produtores de vegetais na bela Islândia! Entretanto, com o forte turismo em suas belezas naturais, a concorrência para produzir os melhores vegetais é intensa!

    Componentes:

    • 1 Tabuleiro frente e verso com espaços de ação e indicador de turismo
    • 1 Peça de cobertura para para partidas de 3 jogadores
    • 4 Gerentes nas cores de cada jogador
    • 5 Caixas de papelão para os produtos
    • 12 Trabalhadores
    • 1 Folha de adesivos
    • 1 Carta de jogador inicial
    • 4 Cartas de jogador 
    • 23 Cartas de estufa
    • 8 Peças de Rodada 
    • 40 Peças de produto para cada jogador
    • 160 Produtos de madeira (40 tomates, 36 alfaces, 32 cogumelos, 28 couve-flores, 24 cenouras)
    • 36 Cartas de serviço
    • 34 Cartas de modo de história

    Vídeo:

    Download:

    Para baixar o manual do jogo, clique aqui.

    Escreva um comentário

    Nota: HTML não suportado!
        Ruim           Bom

    Facebook ()

    Etiquetas: Reykholt, Uwe Rosenberg, Galápagos Jogos